É que às vezes é bom trabalhar em uma coisa de cada vez.

OI PESSOAS!!


  A adaptação com relação ao dia-a-dia dos afazeres domésticos aqui no Canadá está indo melhor do que eu esperava. Consigo manter a casa em ordem, a rotina de dormir está como era no Brasil (tanto método quanto horário), e o cardápio diário está praticamente o mesmo, o que faz as crianças se sentirem seguras e em casa.

  Que beleza, né não?

  Não! Não mesmo!

  Se a rotina está praticamente a mesma, as chatices do cotidiano também estão funcionando muito bem. E, pra piorar, aqui estamos na época das férias de verão; o que significa?... Crianças ociosas, brigando o tempo todo e enchendo a minha paciência.

  Idas ao parquinho todo santo dia, passeios extras a lugares bacanas (enquanto o pai ainda tem um tempinho), shopping, mercado, um agradinho de vez em quando, nada ajuda a pelo menos suavizar o estresse de quando se está dentro de casa. Parece que não fizeram nada e a guerra acontece o tempo todo.

  Sendo assim, quando vou preparar o almoço, não sei o que dá nestas "pequenas obras de Deus". É o momento preferido para se machucar, brigar pra valer, querer algum petisco, enfim...
  
  Mas hoje eu me lembrei de uma coisa que eu fazia no Brasil sempre que estava prestes a explodir, e que há 15 dias estava sem por em prática. É um método relaxante, que me faz focar no que estou fazendo, sem nada nem ninguém enchendo meu pobre saquinho: Música. Alta. Nos meus ouvidos.

  Com isso consigo fazer as coisas muito bem e rápido, a comida não salga demais, e ao mesmo tempo eu consigo relaxar escutando barulhos que eu realmente estou afim de escutar.

  E quando aparece um me cutucando, olho para verificar se não tem nada roxo ou saindo sangue, e continuo o que estou fazendo.

  Malvada? Relapsa? Nem um pouco. É que às vezes é bom trabalhar em uma coisa de cada vez.



Clique aqui e se inscreva no meu canal do YouTube!

Clique aqui e curta minha página do Facebook!

Clique aqui e me siga no Insta gram!


Beijão!! 
  

Um comentário:

  1. Anônimo16/8/16

    Eu juro q pensava ser má qnd eu fazia isso com meus dois filhos.hahaha
    Mas na situação em q me encontro nesse momento tbm...partiu colocar meu fone!����

    ResponderExcluir

Comentários: